segunda-feira, 21 de março de 2016

Mais uma vez...

Te imaginei por toda essa
existência  e enfim você  chegou,
pra tão logo partir...
Ou você nao me sentiu com
a alma ou eu me enganei...
mais uma vez...

Nádia Santos

domingo, 20 de março de 2016

Divinos Braços

Apossa-te de tudo que quiseres
Toma amor todo o corpo meu
Não importa o momento, pedes!
Porque tudo querido, tudo é teu!

Desafoga em mim teus loucos desejos
No meu corpo repousa o teu cansaço
Mata em minha boca tua sede de beijos
Ou faz dos meus seios teu regaço

Silencia querido, se tu quiseres assim...
Pousa tua cabeça sobre meus joelhos
Ou chora, que terás conforto de mim
Darei a ti atenção, carinho, conselhos...

Amor imenso, minha devotada paixão
Sabes que terás tudo o que quiser...
O calor de minha alma, corpo e coração
E os meus braços divinos de mulher!

Nádia Santos

segunda-feira, 7 de março de 2016

Um dia (outra vez)

Um dia (outra vez) o destino me jogou em seu colo ... com jeitinho me abraçou e eu me esquivei.
Disse-me : vai me deixar ir com medo do novo,  com medo de ousar?! Olhei em seus olhos e o abracei... Senti seu calor,  seu cheiro,  sua energia e nos braços do amor,  novamente, me entreguei.

Nádia Santos