sábado, 17 de janeiro de 2015

Meu amor...

Meu amor,
Adormeci procurando tua imagem
No emaranhado dos meus pensamentos...
Te encontrei nos meu sonho de amor,
Te aconcheguei nos meus braços,
Te confortei com meus beijos ardentes
E saciei os desejos do teu corpo...
Te amei... nos amamos... e na loucura
Que se apodera dos amantes
Apaixonados, foste meu e eu fui tua.
- Até que o sol me despertou, enquanto
sentia tua presença em mim...

Nádia Santos

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Meu amor... minha paixão


É a noite, no frio dos lençóis
que sinto ainda mais a tua falta...
Meus olhos passeiam pelo quarto
a procura dos teus para iluminar,
como estrelas, os meus...
Minhas mãos tateiam (em vão)
toda cama a procura do teu corpo
que anseia, loucamente, sentir
o calor e o peso do teu...
Teu nome pronuncio como oração,
enquanto docemente o acomodo
no meu peito... E assim, adormeço
dizendo o quanto te amo...
meu amor... minha paixão!

Nádia Santos
01/01/15
* * *

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

De repente acontece...

De repente acontece aquele
momento de pura excitação...
quando em meu pensamento
tu passeias, minha paixão!

De repente acontece aquele
instante de ardente frenesi...
quando de súbito um desejo,
desejo louco e intenso por ti!

De repente acontece aquele
instante de leveza e ternura...
quando lembro do teu olhar
tão lindo e cheio de doçura!

De repente acontece aquele
momento de encantamento...
chamo teu nome, meu amor
e deixo ser levado pelo vento

E passa o dia, chega a noite
como está acontecendo agora
invade-me tua doce lembrança
e fica em mim por horas e horas...

Nádia Santos
11/12/14





sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Amo-te!

(Meu amor)

Amo-te nessa ausência
Que nos impõe a vida
Alimentando esse amor
Sem tamanho, sem medida

Amo-te com toda doçura
Na delicadeza do sentimento
Amo-te com essa loucura
Que me toma a todo momento

Amo o céu... perdidamente
Amo o mar... loucamente
Porque vejo o brilho do teu olhar...

E quando sorrir tua boca
Vejo nela um céu, fico louca
E desejo ardentemente te amar!

Nádia Santos
29/12/14

Anjos


Anjos, os mensageiros de Deus, não habitam apenas o plano celestial e não acredito que eles possuam asas. Creio que as asas foram invensão do homem. Existem muitos anjos habitando a terra, de carne e osso, como qualquer um de nós. Ele pode ser pai, mãe, irmão ou irmão, avó ou avô, filho ou filha, amigo... Gente que vem com a missão  de cuidar, zelar de uma ou mais pessoas, tirando-as da angústia, da tristeza, da solidão fazendo que suas vidas fique menos dura e trazendo conforto e paz ao coração. Anjo tem nome, sobrenome e endereço... pode está convivendo conosco sobre o mesmo teto, nos protegendo e ajudando, diariamente e nem nos damos conta ou simplesmente pode surgir de repente para nos fazer feliz por um tempo, ou nos ensinar algo e depois vai embora... ou não.
- Procura teu anjo... Presta atenção que ele pode está bem pertinho de ti. Ou quem sabe, és tu um anjo para alguém... e nem percebes.

Nádia Santos
01/01/15